Acidente na BR-101 deixa 3 mortos e uma criança ferida

1

Um acidente na BR-101 na manhã de desta sexta-feira (17/01), deixou 3 pessoas mortas e uma criança ferida.

Um veículo modelo S10, de cor cinza, placa CWE 9901, bateu de frente com um caminhão de boi próximo a cidade de Arataca.

João Edvan Ribeiro de Souza, 46 anos, sua filha Kelen de Araujo Souza, 17 anos e Guilherme Rebouças da Silva,19 anos, morreram no acidente.

Emerson Araújo Aquino, 10 anos, sofreu uma fraturas no pulso e no fêmur esquerdo. Ele foi levado para o Hospital Manoel Novaes, onde chegou desacordado. Por volta das 9h30 da manhã foi encaminhado para o Calixto Midlej Filho onde passa por uma tomografia.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna.

A mãe da criança, Celina Furtado de Araújo mora em São Paulo e já foi informada do acidente. Ela deve vir à Itabuna nos próximos dias.

Comentários

Mais notícias

Dois jovens são baleados no São Roque

10833742_759611030773579_1628973877_n

Itabuna- Na tarde desta terça-feira (25/11), David Alisson Alves dos Santos e Murilo Guimarães Castro, ambos de 19 anos, foram baleados na Av. Bionor Rebouças. Segundo populares, a dupla estava em uma moto quando foram alvejados, depois se esconderam em um galpão na localidade. As vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Base. O estado de Murilo é grave.

Mulher de belga confessa ter dopado e matado o marido em Vera Cruz

IMG_1416925671

A mulher de Louis Emile Ghislain Marot, um belga de 52 anos que foi encontrado morto em um loteamento no município de Vera Cruz, confessou ter matado o companheiro. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (25), na casa onde o casal morava,  no Loteamento Praia do Sol, na praia de Barra Grande.

Elaine Marques Marot, 28 anos, foi presa e será encaminhada para o presídio feminino, em Salvador. Segundo o titular da 24ª Delegacia Territorial (DT/Vera Cruz), Giovane Paranhos, a dona de casa relatou que se sentia ameaçada pelo marido.

“Eles se conheceram há sete anos, em Salvador, quando ela trabalhava como garota de programa, e começaram a namorar. Após três anos, eles foram morar juntos e se casaram neste ano, em fevereiro”, relatou o delegado. “Ela [Elaine] disse Louis começou a mudar depois que eles oficializaram a união. Que ele queria mudar o jeito dela agir e pensar”.

A dona de casa contou que era ameaçada e agredida verbalmente e fisicamente pelo marido. O casal morava com a filha de Elaine, uma menina de sete anos, fruto de outro relacionamento. Na segunda-feira (24), a mulher relatou que saiu com a menina e com outra pessoa, e que foi ofendida pelo marido ao chegar em casa às 18h.

“Ela disse que foi neste momento que passou pela cabeça dela matá-lo”, conta o titular Giovane. O casal jantou, e Elaine confessou ter colocado um calmante, Diazepam, no chá do marido. “Ele dormiu, acordou e foi no banheiro. Ela então esperou ele pegar no sono novamente, e o esfaqueou”.

Louis Emile foi atingido por dois golpes de faca, no pescoço. Ele chegou a correr atrás da mulher, mas não resistiu aos ferimentos e caiu no jardim da casa deles, morto. De nacionalidade belga, Louis era marinheiro e morava no Brasil desde que conheceu Elaine.

Ele era dono de pousada, que ainda passava por reformas antes da inauguração. A esposa o ajudava nas melhorias, e tomava conta de casa. Segundo a Polícia Militar de Vera Cruz, Elaine apresentou uma primeira versão do crime antes de confessar.

Para a PM, ela tinha dito que uma pessoa pulou o muro da casa, invadiu o quarto do casal e esfaqueou Louis antes de fugir com dois celulares. Elaine está detida na delegacia de Vera Cruz, e será apresentada na tarde desta terça-feira (25). Ela também vai passar por um exame de corpo de delito, por ter acusado a vítima de agressão.

A arma do crime foi encontrada pela polícia em cima da mesa de jantar. Ainda de acordo com o delegado Giovane Paranhos, Elaine acusou o marido de ser usuário de drogas. “Ela contou que os dois fumaram maconha horas antes do crime, e que Louis também usava cocaína”, disse o titular. “Ainda não encontramos nenhuma evidência de que esta acusação seja verdadeira”.

A filha de Elaine, que dormia em casa no momento do crime, também foi levada para a delegacia de Vera Cruz. Ela aguarda a chegada do pai biológico, que será o responsável pela guarda da criança. O corpo de Louis Emile foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus, onde passará por perícia.

fonte: OCorreio

Mais Notícias