Atleta itabunense disputará troféu de MMA em Ipiaú

1455860_186534741550139_1483828684_n

Itabuna – Sérgio Leal, atleta Itabunense da academia Gracie Barra, competirá no próximo sábado (21/12) na cidade de Ipiaú, ele disputará o troféu de MMA na categoria 66 Kg no campeonato Gold Fight.

O atleta que treina desde 12 anos e luta profissionalmente desde 2006, conta que a preparação é puxada e requer muita disciplina, ele treina três vezes por dia, e disse que sua dieta é rigorosa, a base de proteína e folhas.

1463874_186537614883185_1569402469_n

 

Sérgio possui vários títulos, como Pira Fight, Mega Fight, Evolution Fight, Tan Lan Fight, Super Chalenge, Dragon Fight, Interior Fight I e II, O Gladiador, Lions FC e Barra Fight BFC.

Ele iria disputar o Interior Fight III, no entanto, por falta de patrocinadores do evento que acontece em Rio Preto, interior de São Paulo, o campeonato foi cancelado. Esse fato ressalta a importância de patrocinadores apoiarem tanto atletas, quanto eventos deste porte.

O campeão relembra que quando foi disputar a segunda edição do Interior Fight em São Paulo, contou com o apoio de vários empresários da cidade, Climetran, Auto Escola Regional, Realce Car, Pizzaria Taberna, Academia Impacto, loja de suplementos SNC e a academia Gracie Barra.

1472799_186534571550156_1627116406_n

1477677_186537521549861_1030473220_n

Comentários

Mais notícias

Ana Marcela fatura bronze no Mundial e garante vaga nas Olimpíadas Rio/2016

Ana-Marcela-Cunha

A nadadora baiana Ana Marcela Cunha garantiu a vaga nas Olimpíadas Rio/2016 ao faturar, na manhã desta terça-feira (28), a medalha de bronze do Mundial de Esportes Aquáticos, em Kazan, na Rússia.

Ana terminou a prova de 10km, em mar aberto, com  o tempo de 1h58m26s5 e foi a primeira brasileira a subir no pódio nesta edição da competição. A compatriota Poliana Okimoto, então campeã da prova, terminou em oitavo lugar e também garantiu vaga nos jogos olímpicos.

Com o bronze em Kazan, Ana Marcela soma quatro medalhas em Mundiais. Com somente 23 anos, a atleta acumula ma prata e um bronze em Barcelona 2013 (nos 10 km e 5 km, respectivamente) e um ouro em Xangai 2011 (nos 25 km).

A maratona aquática ainda tem mais dois dias de competição em Kazan. Na próxima quinta-feira, o Brasil compete na prova por equipes, com Victor Colonese, Betina Lorscheitter e Allan do Carmo, com cada um nadando 5 km.

Varela

Brasil termina em 3° lugar nos jogos Pan-Americanos de Toronto

fdc7530acd25efbf260864126c12d4a0_natm_16.07.15_jr_10008352

O Brasil encerrou a participação nos jogos Pan-Americanos de Toronto (Canadá) em terceiro lugar, mesma colocação das últimas duas edições do evento em Guadalajara (2011) e Rio de Janeiro (2007).

 

Neste ano, os brasileiros conquistaram 41 medalhas de ouro, 40 de prata e 60 de bronze, num total de 141 premiações.

 

O Brasil ficou atrás apenas dos Estados Unidos, primeiro lugar com 103 medalhas de ouro; e do Canadá, em segundo com 78 de ouro. A posição brasileira foi confirmada apenas no último fim de semana de competições.

 

Nos dois últimos dias de jogos, o ouro saiu para o basquete masculino, boliche individual masculino, futebol feminino, handebol masculino, caratê feminino (68kg) e tênis de mesa individual masculino. Já as equipes de voleibol feminino e masculino ganharam medalha de prata, com Brasil perdendo para os Estados Unidos no feminino no sábado (25), e perdendo para a Argentina no masculino no domingo (26).

 

Em 2015, 600 atletas brasileiros disputaram medalhas em 46 modalidades. A delegação contou com cerca de mil pessoas, incluindo ainda treinadores, médicos, fisioterapeutas e outros representantes. O recorde de participantes foi quando o Brasil disputou os jogos em casa, há oito anos, com 660 atletas

 

Um dos grandes destaques da delegação foi o desempenho do nadador Thiago Pereira, que deixou Toronto com cinco medalhas (três ouros, uma de prata e outra de bronze). Com isso, chegou a 23 e se tornou o maior o maior medalhista em jogos Pan-americanos da história. A primeira (um bronze) foi conquistada nos jogos de 2003 em Santo Domingo (República Dominicana). Outra boa notícia é o desempenho de nadadores que poderão se tornar uma nova geração de vencedores e ídolos, como João de Lucca, Thiago Simon, Brandonn de Almeida e Henrique Rodrigues.

 

Por outro lado, a equipe bresileira não contou com favoritos como Cesar Cielo e Rodrigo Pessoa, que se preparam para mundiais e para as Olimpíadas do ano que vem. No quadro de medalhas neste ano, podem ainda ser lamentadas, na comparação com a última edição, a falta de campeões, por exemplo, no vôlei de praia (no México, o Brasil tinha garantido título tanto no masculino como no feminino), na vela (três títulos a menos), no judô (menos um ouro) e na ginástica artística (em Toronto, apenas Arthur Zanetti chegou ao posto mais alto, sendo que em Guadalajara, houve três títulos.

Agência Brasil

Após eliminação na Copa do Brasil, Bahia se classifica para competição continental

xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.Q_RM2YeaEyNa noite desta quarta-feira (22) o Bahia acabou eliminado na Copa do Brasil ao perder para o Paysandu, mas a torcida Tricolor tem algo a comemorar: o time deve jogar a Copa Sul-Americana, neste ano. Isso porque o Ceará bateu o Tupi-MG e se classificou para as oitavas de finais da Copa do Brasil, não podendo, portanto, disputar também a Sul-Americana. O Bahia, que ficou em segundo no Nordestão 2015, herda a vaga da equipe cearense.

Segundo a CBF, um mesmo time não pode disputar a Sul-Americana e as oitavas de finais da Copa do Brasil. “Informamos que os clubes que tenham obtido vaga para a copa Sul-Americana de 2015 só disputarão a referida competição caso não estejam classificados para disputar as oitavas de final da Copa do Brasil de 2015, conforme estabelece o REC da Série A, no seu artigo 6º. O critério se aplica aos clubes da série A/15 como também aos clubes oriundos de conquista das copas regionais – Ceará/CE pela Copa do Nordeste e Brasília/DF pela Copa Verde (obs: o Brasília não disputa a Copa do Brasil de 2015)”, diz um ofício da entidade máxima do futebol.

Mais Notícias