Duas baianas concorrem ao posto de Globeleza 2014

globeleza-321x320

As baianas,  Nara Carvalho e Kamylla Ferraz, concorrem com outras oito finalistas o título de Globeleza 2014.  Elas foram selecionadas em todo o Brasil pelos olheiros do Fantástico para o telespectador escolha qual será a musa do carnaval. Quatro mil mulheres mandaram inscrições.

Nara Carvalho tem 26 anos, é natural de Salvador. Ela é estudante e diz que gostaria de ser a Globeleza porque acha o  nú artístico perfeito.

Kamylla Ferraz tem 22 anos, é natural de Salvador. Ela trabalha como recepcionista e faz trabalhos de dança.

Comentários

Mais notícias

A 4ª edição da Feijoada Vip promete abalar Ibicaraí

essa

A 4ª edição da Feijoada Vip acontecerá no dia 28 de setembro no Clube dos Quarenta em Ibicaraí e vem atraindo o público devido a sua grade de atrações. A festa que promete ser um sucesso traz grandes bandas como Harmonia do Samba, Trio da Huanna, Duh Nosso Jeito, Samba di Mingué e Xote Apimentado. Além de música boa, o evento também é all inclusive e conta com uma grande estrutura para receber o público.

“Terra deu, terra come” nesta terça no Cine FICC

O_personagem_Pedro_em_cena_do_documentário_Terra_Deu_Terra_Come

O Cine FICC desta terça-feira coloca em cartaz o filme “Terra Deu, Terra Come”, um documentário que coloca Pedro como personagem central. Pedro é um dos últimos conhecedores doe um conjunto de canções e ações chamada de “vissungos”, músicas cantaroladas em dialeto banguela durante os rituais fúnebres da região onde ele vive, que eram muito comuns nos séculos 18 e 19.

Ele é garimpeiro de muita sorte, que já encontrou diamantes de tesouros enterrados pelos antigos escravos, na região de Diamantina. Mas o primeiro diamante que encontrou há 70 anos, foi enterrado pelo tio em local desconhecido. Por causa disso, vive sempre numa constante dúvida: para reencontrar o diamante só se invocar a alma de seu tio João dos Santos.

Durante um funeral, Pedro desfia histórias carregadas de poesia e significados metafísicos e daí vem o principal ponto de interrogação do filme: “estamos sozinhos ou as almas também estão entre nós?”.

O filme é uma produção nacional, lançado em 2010, dirigido por Rodrigo Siqueira. Tempo médio de duração: 88 minutos. Classificação indicativa: 12 anos. A entrada é franca, e a pipoca também é de graça. A sessão será iniciada as 19h30min. Os coordenadores do projeto recomendam uso de casaco de frio, pois a sala é refrigerada. O Cine FICC acontece na sede da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), na praça Laura Conceição (praça da Catedral), 339 – Centro.

Mais Notícias