Sta Cruz da Vitória – Acusado de tráfico é preso em casa

trafico

Santa Cruz da Vitória – Antonio Sergio Pacheco, 31 anos, foi preso na noite desta quarta-feira 06/11, com 40 papelotes de cocaína em sua casa.

Ele reside na Rua Otávio Mangabeira, bairro Vila Nova. A guarnição da PETO 63 esteve no local e efetuou a prisão do acusado. Ele foi encaminhado para delegacia da cidade.

droga1

Comentários

Mais notícias

Policial à paisana mata ladrão durante tentativa de assalto

pericia

Itabuna- Durante uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (27/11), Jânio Manoel Santos de Oliveira, 18 anos, foi baleado e não resistiu aos ferimentos. Segundo informações policiais, Jânio tentou assaltar uma casa comercial no bairro de Fátima. Um policial à paisana presenciou a situação e reagiu. O Samu ainda socorreu o assaltante, mas ele morreu antes de chegar ao Hospital.

Ilhéus: Corpo é encontrado na praia

10477889_783926038343048_824267205067656726_n

Ilhéus – Um corpo com sinais de afogamento foi encontrado no final da av. Litorânea Norte, na praia do Marciano, onde fica a estátua da sereia, na manhã desta quinta-feira.

Segundo informações do radialista Coutinho Neto, do Blog Só Ilhéus, ontem foi registrado um afogamento no litoral norte, mas o nome da vítima não tinha sido divulgado.

O corpo está sendo periciado pelo DPT.

Imagem do radialista Coutinho Neto

Fonte: O agravo

Feira de Santana: Menino é queimado pela madrasta por deixar casa desarrumada

7xe6evsank_3bo7fw94xd_fileFeira de Santana – Um menino de nove anos teve parte das costas queimada com água quente, no bairro Tomba, em Feira de Santana. A polícia chegou até a casa da criança, na tarde desta terça-feira (25), após uma denúncia anônima.

De acordo com a DAI (Delegacia do Adolescente Infrator), a madrasta do garoto, teria queimado o menino, na última quinta-feira (20), por ter encontrado a casa desarrumada e sentir falta de um perfume.

— Ela agredia a criança e não socorreu depois que o queimou. Além de agredi-lo, ela proibia o menino de sair de casa.

Ainda segundo a DAI, Carla Matias Vieira, de 27 anos, disse ao pai da criança, que já teria levado ele ao hospital, mas que lá o menino teria o risco de pegar uma infecção.

— Desde quinta-feira, a criança estava presa em casa sem nenhum socorro. Ela sempre deixava o menino sozinho.

Em depoimento à polícia, o pai contou que não levou o garoto ao médico porque a mulher tem curso técnico de enfermagem e saberia cuidar dele. Ele foi indiciado por omissão de socorro e responderá em liberdade.

Carla foi indiciada por tortura, cárcere privado e omissão de socorro. Após ser ouvida pela polícia, ela foi encaminhada para o Conjunto Penal de Feira de Santana.

fonte: R7

4z2tn6pk8q_1vw4ddfixs_file

Mais Notícias