Camarão estragado, desabafo de um consumidor

camarões ao sal

Eu, minha esposa e nossos dois filhos de apenas 2 anos (gêmeos) ficamos decepcionados com o que aconteceu neste último domingo, dia 23/03/2014, na Cabana Armação, na praia do Sul, no litoral Sul de Ilhéus. A referida Cabana Armação é bem conhecida aqui na cidade de Ilhéus – BA, onde eu também moro. Por sinal costumo frequentar quase todos os domingos as cabanas do litoral Sul de Ilhéus para almoçar com a família e amigos. De um ano para cá passei a frequentar com mais assiduidade a referida Cabana. Nas primeiras vezes não tive o que reclamar dos pratos. Sim, são realmente saborosos e com porções justas pelo preço que se pratica nas demais cabanas vizinhas. Acontece que já na penúltima ida fomos muito mal atendidos. Um simples refrigerante e um suco chegaram a demorar mais de 40 minutos para ser servido na nossa mesa, isso sem contar o tempo que ficamos esperando pelo atendimento. Falei com o dono do empreendimento e ele se justificou dizendo que não tem mais intenção de atender clientes na areia da praia e por isso colocou poucos garçons naquele dia, porque também tinha poucos clientes. Opa! Deixar de atender clientes na areia da praia numa cabana de praia? Eu hein. Passamos cerca de um mês sem voltar lá. Então, voltamos e ficamos na área coberta, mais adequada para um almoço. Já era cerca de 15:30h do domingo e fomos atendidos por um garçom que estava em seu primeiro dia de trabalho e não conhecia os pratos que ele vendia; o que é bem típico aqui na nossa cidade. Daí, nós pedimos que ele explicasse como era o prato carro-chefe da Cabana Armação que se chama “ARMAÇÃO”. Ele chamou um garçom mais antigo e ele nos explicou devidamente e tirou outras dúvidas. O prato é composto entre outras coisas por iscas de filé de peixe e camarão empanado. Pedimos e nos servimos. Servimos, inclusive, nossos filhos de apenas 2 anos. Só que para minha surpresa parte dos camarões empanados estavam com cheiro e sabor horrível. Em estado de putrefação avançado. Chamei o garçom e mostrei os camarões que estavam estragados. Ele chamou a esposa do dono que sequer teve coragem de vir falar comigo; mandou uma empregada e/ou esposa – ou algo de gênero. Ela pediu desculpas e disse que nos daria um desconto. Veio a conta. O total era de R$98,80 com mais 10%, perfazia um total de R$ 108,68. Então, no cabeçalho da comanda estava escrito de caneta e circulado “104,00”. Pois é isso mesmo: eles deram um desconto de R$ 4,00 abatendo estes R$4,00 do coitado do garçom que não tinha culpa nenhuma de estar trabalhando numa empresa que não tem uma cozinha capaz de conservar adequadamente os produtos que vende. Eu, então, pedi para falar com o dono. Ele nem se levantou para falar comigo, não foi homem o bastante para isso. Veio de novo a mesma mulher e disse que: “Tudo bem, você paga só o valor da conta R$98,80.” Paguei porque eu não estava a fim de confusão. Dei uma gorjeta ao garçom e disse para ele que ele não tinha culpa de nada. E disse ao “projeto de dona” de Cabana de praia que “em outro lugar, se algo dessa forma tivesse acontecido, eu receberia um desconto total do valor do prato”, sem falar nas desculpas sinceras. A Cabana Armação se gaba de ter indicação na revista Guia Quatro Rodas. É verdade, tem mesmo, mas a avaliação tem a classificação mais simples (veja o link http://viajeaqui.abril.com.br/estabelecimentos/br-ba-ilheus-restaurante-armacao). O Guia Quatro Rodas deveria rever tal publicação, sinceramente. Tenho ouvido há tempos reclamações desta cabana e eu nunca dava ouvidos, só que desta vez eu e minha família fomos as vítimas.

Comentários

Mais notícias

Pesquisas e realidade

Por Agenor Gasparetto Na primeira eleição de Wagner, há oito anos, o IBOPE dava vitória de Paulo Souto no Sábado à noite, véspera do dia da eleição. No dia seguinte, vitória de Jacques Wagner ainda no Primeiro Turno. Neste último … Continua

Azevedo, persona non grata?

Por Eric Souza No plano regional, a imagem que está correndo a Internet, as redes sociais e os maiores sites de notícias da região é a do prefeito da capital baiana, ACM Neto, de costas para o ex-prefeito de Itabuna … Continua

Não precisamos de uma marionete!

Por Antonio Nunes de Souza* Em nenhuma hipótese minha intenção é de desmoralizar denegrindo a candidata Marina, pois, sabemos todos, que ela tem boas intenções, deixa transparecer uma imagem de pureza, muitas vezes até de inocência, achando que, governar e … Continua

Mais Notícias