Estação brasileira na Antártida é reinaugurada

As novas estruturas brasileiras na Antártida contam com 17 laboratórios para a realização
de pesquisas e experimentos relacionados com a atmosfera e clima.
A reinauguração foi marcada com o lançamento de um balão meteorológico, no dia 15 de
janeiro, que ajudará na coleta de dados da dinâmica atmosférica do local e as interações e
efeitos na América do Sul. Após o incêndio de 2012, que danificou 70% das estruturas, a
estação brasileira na Antártida, Comandante Ferraz, passou por reformas e hoje conta com
4.500 metros quadrados e capacidade para hospedar até 64 pessoas.
Com o investimento de aproximadamente 100 milhões dólares, a base possui 17
laboratórios permitem aos pesquisadores melhorar as atividades de previsão do tempo para
o Brasil, além de todos os dados e informações geradas nas pesquisas desenvolvidas no
local.
A base brasileira, possui equipamentos de telecomunicações de última geração, agilizando
o intercâmbio de dados e conectividade com a rede corporativa da Marinha. Em parceria
com a operadora Oi de telecomunicações, os serviços de internet fixa com capacidade de
transmissão de dados em alta velocidade, rede móvel com conexão 4G, sistema de
recepção de sinal de TV via satélite e infraestrutura para acesso Wi-Fi, permitirão que os
pesquisadores brasileiros estejam 100% conectados com o restante do mundo.

Selectra Brasil

Comentários

Mais notícias

Mais Notícias