Guerra Virtual – Mídia, imprensa – Imparcialidade ou compromisso com grandes grupos políticos

417121_206476612820203_1472029152_n
PM Neto

Em tempos de guerra virtual em que notícias estremecem Partidos, Governos, Greves, Políticos e a Sociedade como se fosse um vulcão em em plena erupção.
É de bom tom que o leitor e futuro/eterno eleitor (voto obrigatório) filtre aquilo que lhe é designado, oferecido como informação. A boa notícia ouve os dois lados, cria o senso crítico e não define fatos como verdadeiros sem antes aprofundar-se e comprovar a sua fonte.
Exemplo mais que forte e bem sustentado é o nosso Estado, parte do setor midiático que vivia a exclusão em tempos não tão remotos, hoje, não age de forma voraz como antes, e isso também vejo naqueles que de maneira vil agiam como “lambe botas” a favor de uma família que detinha o poder.
Toda e qualquer informação que se refira a fatos sociais, devem primar pela verdade, sem partidarismo, mesmo que esses fatos sejam puramente político. Mas qual ato humano não é político?
Somos por natureza seres políticos. Mas então estarei me contradizendo?
Não! Somos por natureza humana seres políticos, detentores de raciocínio e poder de persuasão, de desafios e defesas daquilo que achamos correto para nós, seja individualizadamente ou em grupos.
Mas devemos agir sempre sobre a égide da ética quando falamos, reportamos aquilo que não figuramos como parte ou detentores das razões que levaram a tais fatos.
Corromper mentes, manipular fatos, argumentos, não é o verdadeiro papel de uma imprensa tão importante em nosso país.
“O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter.” (Cláudio Abramo).

Comentários

Mais notícias

Pesquisas e realidade

Por Agenor Gasparetto Na primeira eleição de Wagner, há oito anos, o IBOPE dava vitória de Paulo Souto no Sábado à noite, véspera do dia da eleição. No dia seguinte, vitória de Jacques Wagner ainda no Primeiro Turno. Neste último … Continua

Azevedo, persona non grata?

Por Eric Souza No plano regional, a imagem que está correndo a Internet, as redes sociais e os maiores sites de notícias da região é a do prefeito da capital baiana, ACM Neto, de costas para o ex-prefeito de Itabuna … Continua

Não precisamos de uma marionete!

Por Antonio Nunes de Souza* Em nenhuma hipótese minha intenção é de desmoralizar denegrindo a candidata Marina, pois, sabemos todos, que ela tem boas intenções, deixa transparecer uma imagem de pureza, muitas vezes até de inocência, achando que, governar e … Continua

Mais Notícias