Maia admite dificuldade para aprovar reforma da Previdência: ‘Não tem voto’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu a dificuldade do governo em aprovar a reforma da Previdência. “Se tiver voto, dá pra votar [a reforma da Previdência] amanhã, mas não tem voto. A PEC já está pronta para o plenário. O problema não é o dia que a gente vai votar, é quando a gente tem as condições para aprovar. Não podemos ter irresponsabilidade de pautar de qualquer jeito e perder”, afirmou, de acordo com o G1. Apesar da dificuldade, o presidente disse que o Planalto não desistiu de colaborar com a votação da reforma no Legislativo. Em reunião nesta quarta-feira (8), foi discutida uma nova versão para o texto da reforma.

Comentários

Mais notícias

Caravana do Podemos chega a Itabuna

Para fazer frente ao novo cenário nacional e atender às expectativas dos brasileiros e também dos baianos, oPodemos Bahia organizou um calendário de ações para discutir a nova política. Depois da caravana de parlamentares, prefeitos e vereadores visitar Jacobina e Irecê … Continua

Mais Notícias