Ônibus e 2 carretas pegam fogo em Posto de gasolina e motorista morre carbonizado

incendio3
Foto: Portal Poções.

Vitória da Conquista – José Milton dos Santos morreu carbonizado na manhã desta quinta-feira (19/12). Um ônibus e duas carretas ficaram destruídos durante o incêndio. José estava em duas carretas.

O incêndio aconteceu no pátio do Posto São Jorge, na BR-11 após uma colisão. De acordo com a ViaBahia, o fogo foi controlado pelos brigadistas da companhia.

O motorista da outra carreta, Vantuil Firmino de Oliveira, 39 anos, e a passageira Darci Andreazzi, 54 anos, sofreram ferimentos leves e foram socorridos por uma ambulância da Via Bahia para o Hospital de Base.

A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência e o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal.

Comentários

Mais notícias

Duas mulheres baleadas em Lençóis, continuam internadas

Foto da agência A Tarde, mostra feridos sendo socorridos com ajuda do policial (ao fundo de colete)
Foto da agência A Tarde, mostra feridos sendo socorridos com ajuda do policial (ao fundo de colete)

Duas mulheres permanecem internadas no Hospital Regional de Irecê, a 478 quilômetros de Salvador. Elas e outras sete pessoas foram baleadas na manhã deste sábado (13), por tiros acidentais da sub metralhadora de um PM, durante um passeio ciclístico na cidade de Lençóis.

Jeane Nascimento da Silva, 35 anos, foi atingida na região abdominal e Ariel Pereira de Jesus, 31 anos, teve uma fratura no braço. Elas precisaram passar por cirurgia e permanecem internadas. Segundo a PM, uma aeronave do Governo do Estado com leito de UTI foi disponibilizada para a transferência das vítimas para Salvador, caso haja necessidade.

As outras sete pessoas que ficaram feridas no incidente foram socorridas para o Hospital Municipal de Lençóis e já tiveram alta médica. Ainda de acordo com a PM, o Serviço de Valorização Profissional da Polícia Militar está prestando apoio psicológico tanto às vítimas quanto aos seus familiares. Informações do Correio 24 horas.

Acidente com arma de fogo deixa pessoas feridas em Lençóis

1305700597

Por volta das seis horas da manhã deste sábado, 13, a Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) acompanhava um passeio ciclístico em Lençóis, quando uma submetralhadora e um policial da Guarnição caiu no chão e disparou várias vezes, atingindo nove pessoas. De acordo com as primeiras informações apuradas pelo Radar Notícias, uma vítima está em estado grave, pois foi atingida no peito. As apurações serão realizadas pela PM com apoio da 13 COORPIN.

 

Exclusivo: força tarefa da Polícia Civil desvenda chacina em Porto Seguro

1
Diversos objetos foram encontrados com “Fió”, alguns que lembram atividades relacionadas às forças militares, como coturno e roupa camuflada. Além disso, armamentos e bastante munição.

Acabam de chegar na Redação do Radar Notícias informações exclusivas sobre a chacina que aconteceu no último domingo (07) no bairro de Vera Cruz,  Porto Seguro, às margens da BR 367, quando seis pessoas foram assassinadas.  Segundo os relatos, uma força tarefa realizada pela Polícia Civil da Bahia desde as primeiras horas da madrugada desta quarta-feira (10) alcançou um indivíduo ainda não identificado, mas que era conhecido na cidade pela alcunha de “Fió”. As investigações apontam que esta pessoa foi a que planejou e executou a chacina. Ao localizá-lo, “Fió” reagiu à ação da Polícia Civil, atirando contra policiais, que, obrigados ao revide, abateram-no em situação de confronto. Maiores informações sobre a investigação e sobre a morte de “Fió”, em mais alguns instantes, aqui no Radar Notícias.

Atualizada às 15h23min

As informações atualizadas sobre a chacina que aconteceu em Porto Seguro indicam que o mentor intelectual e executor do crime foi identificado como Firmino Neto Xavier Campos, conhecido, na verdade, como “Sió” e que também atendia pelo apelido de “Cavanhaque”. Ele tinha 29 anos e foi localizado na Rua dos Tamoios, bairro Gusmão, em Eunápolis. “Sió” tinha envolvimento com o tráfico de drogas e, segundo os indícios, este teria sido o fator motivador da chacina: guerra entre traficantes.

Atualizada às 16h55min –  As informações completas

Na madrugada desta quarta-feira (10), uma força tarefa composta por cerca de 100 policiais (civis e militares), entre eles uma equipe do DENARC Interior (Departamento de Narcóticos da Polícia Civil – Interior) iniciaram incursão no distrito de Pindorama, em Porto Seguro. As diligências foram continuadas através do DENARC, Superintendência de Inteligência (SI) da Polícia Civil e policiais da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior  (COORPIN) / Eunápolis num endereço no bairro do Gusmão, em Eunápolis, onde o principal mentor da chacina que aconteceu em Porto Seguro no último domingo, conhecido como “Sió”, identificado como Firmino Neto Xavier Campos,  reagiu à aborgadem policial, e foi a óbito. No local, foram encontrados os seguintes objetos: uma pistola calibre 40, mais de 100 munições calibre 40, aproximadamente R$7 mil, uma mira telescópica, cocaína e maconha em quantidades não confirmadas, além de dois carregadores de pistola 40, agenda com muitas anotações relativas ao comércio ilegal de entorpecentes e ainda artefatos explosivos. O corpo de “Sió” foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Eunápolis.

Rapidez nas Investigações

As populações de Eunápolis e Porto Seguro receberam a notícia da elucidação da chacina em Porto Seguro de modo muito positivo, compreendendo que a polícia cumpriu com o seu dever em buscar de forma rápida e eficiente as respostas que faltaram para explicar um momento de grande terror vivenciado no final de semana na terra do descobrimento. Abaixo, imagens da operação policial.

Mais Notícias