Ônibus e 2 carretas pegam fogo em Posto de gasolina e motorista morre carbonizado

incendio3
Foto: Portal Poções.

Vitória da Conquista – José Milton dos Santos morreu carbonizado na manhã desta quinta-feira (19/12). Um ônibus e duas carretas ficaram destruídos durante o incêndio. José estava em duas carretas.

O incêndio aconteceu no pátio do Posto São Jorge, na BR-11 após uma colisão. De acordo com a ViaBahia, o fogo foi controlado pelos brigadistas da companhia.

O motorista da outra carreta, Vantuil Firmino de Oliveira, 39 anos, e a passageira Darci Andreazzi, 54 anos, sofreram ferimentos leves e foram socorridos por uma ambulância da Via Bahia para o Hospital de Base.

A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência e o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal.

Comentários

Mais notícias

Adolescente de 15 anos é assassinado no Santa Inês

10878748_772163042851711_691496709_o

Itabuna – Na noite deste sábado (20/12), Rafael Jesus Santos, 15 anos, foi assassinado no bairro Santa Inês. De acordo com populares, dois homens chegaram em uma moto, um deles deflagrou vários disparos contra a vítima. A motivação do crime ainda é desconhecida.

Jovem é assassinado na Favela do Bode

10878433_771371856264163_1792621765_o

Itabuna – No início da tarde desta sexta- feira (19/12), Leonardo Santos Cruz, 20 anos, foi assassinado com vários tiros na cabeça. O crime aconteceu em uma escadaria que liga o Centro Comercial  ao Jardim Grapiúna, conhecido como Favela do Bode. De acordo com populares, dois homens chegaram em uma moto, um deles desceu e deflagrou vários disparos contra a vítima. Na mão da vítima havia pedras de crack e uma nota de R$ 10,00. O jovem tinha saído do presídio há um mês.

Una: Traficante morre em confronto com a polícia

10872299_770877986313550_1599537993_n

Una – Na madrugada desta quinta-feira (18/12), Rael da Silva Duarte, 20 anos, que se intitulava “dono do Sucupira” morreu em confronto com policiais da CIPE-Cacaueira. Rael estava em posse de um revolver calibre 32 e drogas pronta para a venda. Ao perceber a presença CAERC, Rael passou a disparar contra os policiais militares, que revidaram. Ele foi socorrido com vida ao Hospital Municipal Frei Silvério, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Informações: Una na Mídia

 

Mais Notícias