Padrasto abusa de enteado e é estuprado na prisão

00

Brasília- No fim de março um caso de um padrasto que estuprou o enteado de 1 ano e 8 meses deixou a população de Brasília indignada. O professor de jiu-jitsu Daryell Dickson Menezes Xavier espancou e estuprou o enteado no fim de março em Taguatinga.

No dia 1º de abril o estuprador se apresentou a polícia, foi ouvido e está cumprindo prisão temporária de 30 dias. A mãe da criança publicou vários desabafos no facebook, “Agora nesse momento eu abro minha boca a todos! Não amenizei minha dor, mas comecei a fazer justiça à minha própria paz, ao meu próprio coração. Cara a cara com o assassino do meu neném! Eu o repudio!”, escreveu. Ela ainda disse, “Eu entreguei minha vida e a do meu filho pra esse homem cuidar, eu acreditei no amor e na bondade dele, eu o apoiei, eu o amei, e aceitei seus defeitos sem saber que ele era algo muito pior, minha família inteira se encantou por ele, fomos acolhidos e acolhemos ele e seu filho”, relata Gabrielle Estrela no texto.

Fotos divulgadas na internet mostram o autor sendo medicado após ter sido estuprado e segundo informações ainda com pontos, ele foi abusado novamente na cadeia por presos revoltados.

Na delegacia, Daryell disse a ex-esposa que estava possuído pelo demônio quando isso aconteceu. Segundo a polícia, na cela onde estava, Daryell disse que era professor de jiu jitsu e que se caso alguém fizesse graça poderia se dar muito mal, 20 presos se juntaram para abusar do estuprador.

01

Comentários

Mais notícias

Golpista tinha quatro esposas, sete noivas e cinco namoradas ao mesmo tempo

Sonko-Tijan

A polícia de Viena, na Áustria, prendeu o homem que bateu todos os recordes de bigamia e infidelidade do país. Sonko Tijan tinha quatro esposas, sete noivas e cinco namoradas ao mesmo tempo. Uma das esposas, que estava grávida, encontrou uma foto de um casal feliz, em que o marido parecia com o dela no Facebook.

As mulheres dele tinham de 22 a 44 anos. A austríaca Sonja Maier, que encontrou a foto, contou ao jornal Metro que quando viu a foto, pensou que o marido tinha um irmão gêmeo. “Nunca pensei que ele me traía”, disse. As duas mulheres começaram a trocar mensagens e foram descobrindo a farsa. Sonko Tijan, que é da Gâmbia, também tinha uma esposa e família em seu país de origem.

A polícia acredita que ele pode ter tido relações com mais mulheres. Segundo o sargento Patrick Maierhofer, ele sempre usava as mesmas táticas e pedida ajuda financeira para as mulheres. “Ele olhava para as mulheres em bares de forma encantadora e atenciosa. Ele também fascinava elas com histórias fantasiosas sobre sua terra-natal na África e como ele tinha fugido de guerras terríveis, deixando sua família para trás”, contou o sargento.
Fonte: Extra

Mulher faz cirurgia e tem pé implantado no lugar do joelho

xIMAGEM_NOTICIA_3.jpg.pagespeed.ic.XvORA3mu75

Uma mulher no Reino Unido passou por uma cirurgia que colocou o pé na posição do joelho na perna esquerda. Segundo o jornal Daily Mail, a junta do pé da jovem de 22 anos será usada como um substituto ao joelho já que ela teve de amputar a coxa por causa de um câncer ósseo. No procedimento, a parte de baixo da perna foi colocada no lugar da coxa, de modo que o pé funcionasse como joelho. O próximo passo dos médicos é adaptar uma prótese ao tornozelo, agora virado ao contrário, para que ela tenha mobilidade na perna. Ainda de acordo com o Daily Mail, ela se submeteu à cirurgia no Hospital Ortopédico Real, em Birmingham, em julho e está agora se adapta à mudança. “No começo, depois da cirurgia, tinha uma aparência estranha, então foi um verdadeiro choque”, disse ao veículo. “Levou um tempo para me acostumar, mas agora é totalmente normal para mim.” Virado ao contrário, a posição do pé serve para ela poder se mover da mesma forma como o joelho se moveria.

fonte: Bahia Notícias

Eleitoras postam fotos nuas na web em disputa pelo 2º turno no Acre

RTEmagicC_e1d7dd6ba8.jpg

Não foi apenas por causa do atraso em três horas no fuso que o Acre chamou atenção nas eleições de segundo turno neste domingo (26). Nos sites de redes sociais, mulheres divulgaram fotos nuas, cobertas apenas por adesivos dos candidatos que apoiavam.

RTEmagicC_bf2b8ee4b3.jpg RTEmagicC_e042eba25e.jpg

Segundo o portal Terra, a brincadeira ganhou repercussão na reta final das redes sociais. A disputa ocorreu entre as eleitoras dos candidatos à presidência, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Dilma Rousseff foi reeleita neste domingo.

fonte: Jornal O Correio

Mais Notícias