Padrasto abusa de enteado e é estuprado na prisão

00

Brasília- No fim de março um caso de um padrasto que estuprou o enteado de 1 ano e 8 meses deixou a população de Brasília indignada. O professor de jiu-jitsu Daryell Dickson Menezes Xavier espancou e estuprou o enteado no fim de março em Taguatinga.

No dia 1º de abril o estuprador se apresentou a polícia, foi ouvido e está cumprindo prisão temporária de 30 dias. A mãe da criança publicou vários desabafos no facebook, “Agora nesse momento eu abro minha boca a todos! Não amenizei minha dor, mas comecei a fazer justiça à minha própria paz, ao meu próprio coração. Cara a cara com o assassino do meu neném! Eu o repudio!”, escreveu. Ela ainda disse, “Eu entreguei minha vida e a do meu filho pra esse homem cuidar, eu acreditei no amor e na bondade dele, eu o apoiei, eu o amei, e aceitei seus defeitos sem saber que ele era algo muito pior, minha família inteira se encantou por ele, fomos acolhidos e acolhemos ele e seu filho”, relata Gabrielle Estrela no texto.

Fotos divulgadas na internet mostram o autor sendo medicado após ter sido estuprado e segundo informações ainda com pontos, ele foi abusado novamente na cadeia por presos revoltados.

Na delegacia, Daryell disse a ex-esposa que estava possuído pelo demônio quando isso aconteceu. Segundo a polícia, na cela onde estava, Daryell disse que era professor de jiu jitsu e que se caso alguém fizesse graça poderia se dar muito mal, 20 presos se juntaram para abusar do estuprador.

01

Comentários

Mais notícias

Morre escritor, jornalista e cronista itabunense Hélio Pólvora

Escritor Hélio Pólvora
Na madrugada desta quinta-feira (26/03) o escritor baiano Hélio Pólvora, 87 anos, natural de Itabuna, que lutava contra um câncer, faleceu.  O escritor ocupava a cadeira 29 da Academia de Letras da Bahia. Além de fazer parte da Academia de Letras do Brasil (sede em Brasília, DF), onde ocupava a cadeira 13 e pertencer ainda à Academia de Letras de Ilhéus.
A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC emitiu uma Nota de Pesar:

Em nome de toda a equipe da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC, lamentamos o passamento do ilustríssimo escritor, jornalista e cronista itabunense Hélio Pólvora, que em muito contribuiu para o estabelecimento de uma identidade literária essencialmente grapiúna.

Que Deus, todo poderoso, abençoe e conforte os familiares.

Mulher suspeita de traição de namorado e cola absorventes no carro dele

A chinesa Li tan, de 23 anos, desconfiou de uma possível traição do namorado De Wu e resolveu atacar o carro do rapaz colando vários absorventes nele. A desconfiança começou após ele não voltar para casa no horário prometido.Foi aí que ela resolveu atacar o carro do namorado e publicou fotos nas redes sociais que tinha a seguinte legenda: “É isso mesmo, fui eu que fiz”.

O atraso dele foi por conta da organização de uma festa surpresa que ele estava fazendo para ela. Em entrevista ao jornal chinês People’s Daily Online, um amigo de Li contou que ela estava furiosa.

Mulher suspeita de traição de namorado e cola absorventes no carro dele

“Eu disse que ela deveria esperar para ver o que ele tinha a dizer antes de atacar o carro. Mas ela não quis me ouvir e, como ela estava convencida da traição, eu não fiz nada”, contou o amigo ao jornal. O namorado tentou se explicar ao voltar para casa.

“Eu disse que estava organizando sua festa surpresa e mostrei a reserva que eu tinha feito on-line para um restaurante chique que eu ia levá-la”, contou De Wu. Os dois conseguiram se acertar.

Fonte: iBahia

Mais Notícias