Padrasto abusa de enteado e é estuprado na prisão

00

Brasília- No fim de março um caso de um padrasto que estuprou o enteado de 1 ano e 8 meses deixou a população de Brasília indignada. O professor de jiu-jitsu Daryell Dickson Menezes Xavier espancou e estuprou o enteado no fim de março em Taguatinga.

No dia 1º de abril o estuprador se apresentou a polícia, foi ouvido e está cumprindo prisão temporária de 30 dias. A mãe da criança publicou vários desabafos no facebook, “Agora nesse momento eu abro minha boca a todos! Não amenizei minha dor, mas comecei a fazer justiça à minha própria paz, ao meu próprio coração. Cara a cara com o assassino do meu neném! Eu o repudio!”, escreveu. Ela ainda disse, “Eu entreguei minha vida e a do meu filho pra esse homem cuidar, eu acreditei no amor e na bondade dele, eu o apoiei, eu o amei, e aceitei seus defeitos sem saber que ele era algo muito pior, minha família inteira se encantou por ele, fomos acolhidos e acolhemos ele e seu filho”, relata Gabrielle Estrela no texto.

Fotos divulgadas na internet mostram o autor sendo medicado após ter sido estuprado e segundo informações ainda com pontos, ele foi abusado novamente na cadeia por presos revoltados.

Na delegacia, Daryell disse a ex-esposa que estava possuído pelo demônio quando isso aconteceu. Segundo a polícia, na cela onde estava, Daryell disse que era professor de jiu jitsu e que se caso alguém fizesse graça poderia se dar muito mal, 20 presos se juntaram para abusar do estuprador.

01

Comentários

Mais notícias

Professora é presa por transar com aluno e fornecer maconha pra ele

professora_eua_reproduçao

Uma professora de 32 anos está sendo investigada por manter relações sexuais com um de seus alunos e fornecer maconha para ele. O menino, já com 18 anos, conta que eles faziam sexo desde setembro de 2012, mas ele decidiu terminar o relacionamento.

Danielle Watkins, que tem 32 anos, passou a ameaçar o garoto de manipular suas notas para que ele repetisse o semestre. O jovem a denunciou para o diretor da escola. O caso aconteceu em Connecticut, EUA. Após a denúncia, Danielle foi presa em Norwalk. Os policiais fizeram uma busca no carro dela e encontraram maconha e indícios de mensagens pornográficas enviadas ao aluno no celular da professora.

Os investigadores mostraram que a professora e o aluno trocaram mais de 2 mil mensagens entre setembro e junho. Uma audiência foi marcada para o dia 31 de julho. Danielle é acusada de abusar sexualmente do estudante, vender maconha e por entregar a direção a uma pessoa não habilitada. A fiança R$ 187 mil.

Fonte: Bocão News

Estudante sul-africano de 9 anos se casa com mulher de 62 anos de idade pela segunda vez

641

Saneie Masilela, de 9 anos, beijou sua esposa Helen, de 63, e disse que a ama, apesar da enorme diferença de idade, deixando moradores atordoados, que descreveram o casamento como ‘repugnante’.

Saneie tornou-se o noivo mais jovem do mundo pela segunda vez, depois de se casar novamente com Helen para satisfazer seu desejo e o de antepassados morto

Ambas as famílias afirmam que o casamento é apenas um ‘ritual’, depois de Saneie ter sido orientado por seus antepassados mortos a se casar no ano passado.

O jovem noivo disse que ainda espera ter um casamento apropriado para uma mulher da sua idade quando ele for mais velho. “Quando eu for mais velho eu vou casar com uma mulher da minha idade. Escolhi Helen, porque eu a amo e, embora nós não vivamos juntos o tempo todo, nos encontramos no local onde minha mãe trabalha regularmente.”

“Depois do casamento no ano passado as pessoas continuavam pedindo-lhes explicação de como eles iriam viver juntos, ter filhos, mas eu continuo dizendo a eles que depois do casamento de hoje tudo voltou ao normal. Nada muda,” disse a mãe.

Fonte: R7

66615

Holandês que fez piada sobre Malaysia Airlines pode estar em voo que caiu

380x348xaviao,281,29.jpg.pagespeed.ic.kqE-HBukA2

Um holandês entrava em um avião da Malaysia Airlines quando postou no Facebook uma foto com uma piada sobre acidentes aéreos. Agora, ele pode estar entre os mortos do voo MH17, que caiu nesta quinta-feira (17/07) na Ucrânia, afirma a imprensa da Holanda. “Se ele desaparecer, é assim que ele é”, escreveu Cor Pan, junto com uma fotografia de um avião, em referência à aeronave da mesma companhia que desapareceu misteriosamente em março deste ano, com 239 pessoas a bordo.

No mesmo post, amigos começaram a compartilhar diversas mensagens de pêsames após as primeiras informações sobre o acidente. Um primo de Cor disse ao G1, por chat, que ele pretendia passar férias com a namorada na Malásia, mas que a família ainda não tem notícias sobre o casal. Já um amigo do holandês disse à reportagem que a mãe Pan foi vista chorando e gritando com vizinhos. “Somos uma comunidade muito próxima e todo mundo está contando que a mãe dele confirmou o número do voo”, disse outro amigo, que tocava com ele em uma banda no ano passado – Cor tocava bateria.

 

 

 

Mais Notícias