Prefeitura elogia iniciativa da Triffil que investe na qualificação de jovens

 

Preparar mão de obra e transformar os jovens em técnicos profissionais prontos para o trabalho. Esta é a principal visão da diretoria da Trifil, ao promover, em parceria com a Prefeitura de Itabuna e o Senai, o Curso de Formação Profissional Mecânica de Máquinas de Teares Circulares, destinado a jovens com idade entre 18 e 23 anos. Nessa primeira etapa serão beneficiados 50 jovens filhos de funcionários da fábrica e também da comunidade, que passaram por um processo seletivo interno.

Durante o lançamento do curso, na manhã de terça-feira (21), com representantes da Prefeitura, do Senai, diretores e funcionários da Trifil, a presidente da fábrica, Liliana Aufiero, fez um breve relato das ações sócio e econômico que a empresa tem desenvolvido no município e disse que a qualificação dos jovens é mais uma proposta da empresa que tem buscado maior envolvimento com a comunidade.

“Estamos saindo de uma grande produção em São Paulo para investir ainda mais em Itabuna e para isso, tem sido necessário qualificar pessoal e instalar maquinários de ponta, muitos das quais importadas”. A diretora informou que a Trifil emprega hoje 2014 funcionários da mão de obra local, o que representa 78% do corpo funcional.

Já o superintendente Carlos Mazzeu, disse que edificar uma escola técnica dentro da fábrica, com a implantação de um maquinário único na região, não foi uma tarefa fácil, “mas foi possível graças ao prefeito Fernando Gomes e seu secretariado e do Senai que sempre nos deram apoio para que nossos projetos sejam cada vez mais expandidos”. Ele informou que a Trifil em Itabuna é a segunda maior unidade têxtil no Brasil. A primeira funciona em São Paulo.

Para o vice-prefeito Fernando Vita, que representou o prefeito Fernando Gomes, a Trifil compactua com os mesmos ideais do prefeito, considerado por ele “uma máquina de trabalho” pela preocupação em gerar emprego e renda, garantir uma melhor qualidade de vida para as famílias itabunenses e transformar o município em um polo regional economicamente forte e com negócios para todos.

Vita elogiou a iniciativa da diretoria e destacou que é uma honra abrigar uma fábrica do porte da Trifil, “pela importância e contribuição social, econômica e financeira que faz do município uma referência regional”.

 

Curso técnico integral

Sobre a formação técnica para os alunos selecionados, a analista do Departamento de Recursos Humanos da Trifil, Jackeline Moreira, explicou que é um curso  integral, com duração de 18 meses, a ser ministrado por funcionários da Trifil que receberam formação na Itália, de onde vieram as máquinas de tear. Informou que os alunos terão aulas nos turnos da manhã na própria fábrica e à tarde no Senai.

Ela conta que está otimista com o sucesso do curso porque irá beneficiar não apenas a empresa que vai contratar mão de obra especializada, mas também por assegurar promoção pessoal e profissional dos jovens aprendizes, além de contribuir para a geração de emprego e renda. “O apoio da Prefeitura tem sido de grande importância para a implantação desse e de outros importantes projetos que a Trifil tem, que vão beneficiar Itabuna e outros municípios da região”.

Participaram do lançamento do curso, além da diretoria da Trifil e do vice-prefeito Fernando Vita, os secretários municipais Moacir Messias, (Fazenda), Patrick Monteiro (Desenvolvimento Urbano), John Nascimento (Sustentabilidade Econômica), Anorina Smith (Educação), Márcia Rodrigues (Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna), Jorge Vasconcelos (superintendente da Agência de Regulação de Controle e Fiscalização dos Serviços Públicos de Itabuna), Daniel Leão (Ficc) e o gerente regional do Senai, Jurandir Hendler. Ainda estiveram presentes representantes da Secretaria de Governo, da Fundação Marimbeta e dos funcionários da Trifil.

 

 

 

Comentários

Mais notícias

Mais Notícias