Sesab confirma primeira morte por dengue hemorrágica em 2014

Mosquuito_dengue

A secretaria Estadual de Saúde (Sesab) confirmou a primeira morte por dengue hemorrágica na Bahia, este ano. O paciente de 38 anos, era da cidade de Coaraci morreu após alguns dias internado no Hospital Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna.

Vários municípios da região cacaueira correm risco de surto epidêmico da doença. Em Itabuna, uma paciente de 15 anos está internada no Hospital de Base, com dengue hemorrágica.

Até o início da semana, a Sesab havia notificado oito casos de dengue clássica em Itabuna.

Comentários

Mais notícias

Vídeo: Após filha engolir moeda, pai se desespera e arromba porta de hospital Manoel Novaes

3y6qsv5orh_6rszu3wdjy_file

Um homem invadiu a emergência do Hospital Manoel Novaes, em Itabuna após a filha ter se engasgado com uma moeda. Segundo testemunhas, o homem chegou desesperado ao hospital pedindo por ajuda e, em resposta, os atendentes mandaram que ele esperasse para a filha ser atendida. Enquanto esperava, a menina gritava engasgada e as pessoas que estavam na localidade ficaram revoltadas com a situação.

Desesperado, o homem chutou uma porta e invadiu a emergência da unidade de saúde à procura do médico plantonista, que estava realizando outro atendimento. O hospital assegurou que o médico atendeu a menina e confirmou que ela não estava asfixiando. O pai ficou mais calmo e a polícia não foi acionada.

Informações: R7

Itabuna recebe caravana do Tênis de Mesa

tm4

O fim de semana em Itabuna vai ser do Tênis de Mesa com a realização da etapa local do Circuito Bahia, evento realizado pela FBTM – Federação Baiana de Tênis de Mesa neste sábado, 25 de outubro. A competição vai reunir cerca de 120 atletas, subdivididos em quatorze categorias e divisões. As primeiras partidas acontecem às 8h, no ginásio da Vila Olímpica. Junto acontecem os jogos da Copa Sul Bahia, evento regional organizado pelo clube local CGTM – Clube Grapiúna de Tênis de Mesa.
O dirigente e fomentador do esporte local Marcos Brandão do CGTM, explica que o evento faz parte das ações para que os Itabunenses pratiquem e tenham acesso há um maior número de atividades esportivas e tenham um maior cuidado com sua saúde, segundo ele o intuito é massificar o esporte com a realização de eventos regionais e estaduais na cidade o que motiva o surgimento de novos atletas além do crescimento técnico das atuais revelações locais João Alves e Moallison Vinícius, líderes do Ranking baiano infantil e juvenil respectivamente.
Além dessa etapa do Campeonato Baiano de Tênis de Mesa já está programada pela Federação Baiana a realização de mais dois eventos em 2015 na cidade, dentro do projeto de popularização do esporte por todo interior do estado. Segundo o presidente da FBTM – Paulo Carneiro o apoio da SUDESB na realização do Circuito está sendo de fundamental importância para o desenvolvimento sustentável do esporte baiano, principalmente pelas dimensões continentais de nosso estado. O evento conta ainda com o apoio da Secretaria de Esporte e Recreação da Prefeitura Municipal de Itabuna.

 

Serviço:
O que:
Circuito Bahia de Tênis de Mesa – Etapa Itabuna

Quando: Sábado (25 de outubro)

Onde: Ginásio da Vila Olímpica – Av. Presidente Kennedy, 1325, Bairro São Caetano.

Horário: das 8h às 18h

Inscrições: inscriçãofbtm@gmail.com

Hospedagem: Novo Hotel Odete – 73-3211-2474 – Av. Cinquentenário, 181 – Centro

Transporte: Saída Sexta-Feira 14hs – Rodoviária Salvador – Posto Mataripe

Informações: No site www.fbtm.com.br, pelo e-mail pfeira@gmail.com ou 71 9725-9591, 75-9131-0171 e 75-8819-0950.

Acusado de tocar fogo em comerciante confessa crime e Lei Eleitoral impede prisão

RTEmagicC_b139e3e92b.jpg

O homem acusado de tocar fogo e matar o empresário Manoel Carlos Santana, 61 anos, se apresentou e confessou o homicídio à Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (22). No entanto, Gerônimo Navarro da Silva Filho, 29 anos, não pode ser preso até a próxima terça-feira (28), por conta da Lei Eleitoral que impede prisões preventivas ou temporadas na época das eleições.

De acordo com o delegado João Uzzum, da delegacia de homicídios de Feira de Santana, Gerônimo se apresentou com dois advogados e foi interrogado por cerca de duas horas. O criminoso explicou que algemou as mãos e as pernas de Manoel antes de jogar álcool e tocar fogo na vítima no último domingo (19). O empresário ainda conseguiu se levantar e pedir socorro na rua. Testemunhas filmaram o momento em que o fogo era apagado do corpo.

O acusado também explicou que cometeu o crime por vingança. Ele morava com a mãe em uma casa no bairro de Feira IX, mas uma decisão judicial o obrigou a deixar o local. “O imóvel foi comprado há cerca de 20 anos pela companheira de Manoel, Vera Lúcia Falcão Paim, e não poderia ser vendido, mas desde então varias pessoas passaram por ele através de contratos particulares de venda e compra”, explica Uzzum ao Correio24horas.

Gerônimo e a mãe dele moravam na casa da companheira de Manoel desde 2006, mas uma empresa no nome de Vera Lúcia veio à falência e em decorrência de dívidas trabalhistas o imóvel foi leiloado há cerca de um mês. “Em 2013 souberam que a casa estava em processo de penhora e ainda tentaram evitar isso, mas não conseguiram”, disse do delegado de Feira de Santana ao Correio24horas.

Em uma tentativa de se vingar de Vera Lúcia, Gerônimo foi ao comércio de Manoel com as algemas de plástico e o álcool, mas como não encontrou a mulher ele cometeu o crime contra o empresário. Em depoimento, o criminoso disse que foi o único participante do crime, mas a Polícia Civil analisou câmeras de segurança de locais próximos e confirma que uma segunda pessoa estava envolvida.

Prisão
Após prestar depoimento, Gerônimo foi liberado da delegacia. Ele não podia ser preso por força da Lei Eleitoral que permite apenas prisões em flagrante no período entre esta terça-feira (21) até 48h depois do processo eleitoral, que acontece no domingo (26).

A partir da próxima quarta-feira (29), o delegado João Uzzum aguarda que um mandado de prisão preventiva seja emitido para que a Polícia Civil faça a prisão. Até lá, a polícia não pode monitorar a localização de Gerônimo.

Fonte: Jornal Correio

Veja o momento do socorro ao empresário:

 

Mais Notícias